fbpx
R

Landing Page: o que você precisa saber sobre as páginas de conversão

Saiba como criar uma Landing Page que converte usuários em Leads

Landing Page: o guia definitivo das páginas de conversão
O conceito de Landing Page vai além da sua tradução literal (página de aterrissagem). No Marketing Digital, são páginas que possuem todos os elementos voltados à conversão do visitante em Lead, oportunidade ou cliente. Por esse motivo, Landing Pages costumam ter taxas de conversão maiores do que as de páginas comuns

Landing Page - Página de Conversão

O que é Landing Page?
O termo Landing Page (que pode ser traduzido como páginas de aterrissagem) originalmente definia toda página que um usuário acessava para entrar em um site.
Tanto que, se você utiliza o Google Analytics em inglês, uma das dimensões de comportamento apresentadas é “Landing Pages”, que na versão em português da ferramenta é substituída por “Páginas de destino”.

Então, se um usuário busca por determinado assunto no Google e acessa um post no seu blog, por exemplo, esse post será a página de aterrissagem. Já se digita o endereço do seu site na barra de URL, “aterrissará” na home. Mas, no contexto do Marketing Digital, costuma-se chamar de Landing Page uma página criada com um objetivo único: a conversão.

Em geral, essas páginas contêm muito menos elementos e links do que a homepage de um site normal. Isso é feito propositalmente: depois de conseguir levar um visitante para uma Landing Page, seu único objetivo com ele deve ser conseguir a conversão.

4 elementos de uma Landing Page de sucesso

Muitas empresas pensam que fazer uma Landing Page é um bicho de sete cabeças: precisa envolver designers, programadores e esperar dias até a página estar no ar.
Mas essa realidade mudou e hoje em dia existem diversas ferramentas que ajudam você a criar Landing Pages profissionais, com excelentes taxas de conversão e que se encaixam em praticamente qualquer contexto.A ideia aqui é não reinventar a roda: dependendo da oferta – principalmente se é uma oferta que sua empresa pode promover de forma recorrente, como materiais educativos utilizar uma ferramenta ajuda em muito o ganho de produtividade de todo o time.
A seguir, alguns dos principais elementos essenciais em qualquer Landing Page.

1. Título e subtítulo

Um dado divulgado pelo Copyblogger, site referência em copywriting, diz que 8 em cada 10 pessoas que chegam a uma página só leem o cabeçalho. Somente 2 em cada 10 lerão o restante da página.
Levando esse dado em consideração, percebemos que os principais elementos de uma página, de fato, são o título e o subtítulo. Isso significa que esses elementos devem transmitir de maneira clara e direta a proposta de valor da sua oferta, de forma que, quando um visitante chegar à página, ele pense: “que oferta interessante, talvez seja disso que estou precisando, vou ler o restante da página”.

2. Imagem

Já diz a sabedoria popular que “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Isso é mais do que válido em uma Landing Page.
Assim como uma boa imagem, que reflete bem a proposta de valor da oferta e ajuda na conversão, uma imagem genérica ou que vá contra aquilo que é proposto pelos textos pode atrapalhá-la.
Use uma imagem que reflita a sua oferta. Evite generalismo ou imagens de bancos de imagens que já foram muito usadas, pois isso pode atrapalhar a conversão.
No caso de softwares ou ofertas de produtos que possam ser mostradas de alguma forma, opte por fazê-lo. Mostre telas do software e partes do webinar/eBook para transmitir credibilidade sobre a oferta.

Caso você ou ninguém da sua equipe tenha experiência com edição de imagens, sites como o placeit.net e o canva.com podem te ajudar a criar imagens para capas de eBooks e outros materiais.

3. Descrição da oferta

Em grande parte dos casos, uma página de conversão precisará de mais descrições sobre a oferta para conseguir vender bem a ideia, eliminar pontos de dúvidas e alinhar expectativas.
Nesses casos, costumamos seguir algumas boas práticas:

• Use bullet points;
• Escreva fragmentos ou sentenças curtas, que sejam possíveis de ler com facilidade;
• Escolha de 3 a 5 itens mais importantes, sem usar blocos muito longos de texto;
• Destaque termos relevantes em negrito;
• Fale de benefícios, não de funcionalidades. Exemplo: em vez de dizer “10.000m² de área útil”, usar “10.000m² com diversas opções de diversão para
toda a família”.

Em casos onde a oferta é complexa e precisa de mais explicações, você também pode usar outros elementos, como vídeos explicativos ou uma prévia do material usando uma apresentação incorporada do Slideshare.

4. Formulário

O formulário é onde acontecerá a conversão. Na hora de montá-lo, é importante pensar sempre que deve existir um balanço entre algumas variáveis, tais como o número de informações requeridas e o número de Leads que será obtido.
Não é regra, mas em geral, quanto mais informações, menor a taxa de conversão. Ainda assim, coloque no formulário as informações que você precisa coletar dos Leads. Isso vai fazer muita diferença na hora de passar o Lead do marketing para vendas.

Outros elementos

Até agora falamos sobre títulos, imagens, descrições e formulário. Esses são os elementos que consideramos essenciais e que resolvem muito bem grande parte dos casos.

No entanto, há outros elementos que você pode usar em suas Landing Pages. Vamos citar 3 exemplos:

Direcione o olhar do visitante:
use outros tipos de direcionamentos no site, como setas ou uma imagem de alguém olhando para o formulário. O olho humano costuma seguir esses indicativos e isso pode influenciar na conversão.

Prova social:
coloque evidências de que outras pessoas compraram, baixaram ou encontraram algum valor na oferta. Como as pessoas tendem a acessar um material que outras já recomendaram, a prova social pode
ser um caminho para aumentar as conversões. Algumas formas de fazer isso é com botões de compartilhamento para mostrar dados de redes sociais, número de downloads do material ou até mesmo depoimentos.

Senso de urgência:
acrescente na Landing Page quanto tempo falta para uma oferta expirar para estimular o visitante indeciso a agir mais rápido. É comum ver essa estratégia em sites de compras coletivas, que adicionam um cronômetro contando os minutos para o fim daquela oferta, ou sites de reservas de hotéis, que mostra quantos quartos estão livres no momento.

 

Como criar uma Landing Page?

Entre em contato para solicitar um orçamento para crianção de sua landing page.

Compartilhe!

Deixe um comentário